Queira aguardar...
Queira aguardar...

Rodagem e Desgate Auto

Rodagem e Desgate Auto

Todos os pneus novos necessita de um período de rodagem. A rodagem consiste em circular a velocidade moderada durante os primeiros 200 a 300 quilómetros, para melhorar o rendimento dos pneus a longo prazo. É aconselhável não acelerar fortemente nem travar bruscamente durante os primeiros quilómetros, até adaptar a condução aos pneus novos. Se o seu antigo jogo de pneus estava muito desgastado, tenha em conta que o comportamento do seu veículo será diferente com o novo jogo, mesmo se se tratar da mesma marca e referência.

Controlar o desgaste dos pneus:

Ao verificar a pressão dos pneus, também é necessário verificar o desgaste da banda de rolamento. Os indicadores TWI situam-se nos flancos dos pneus e servem para localizar os vestígios de desgaste. O desgaste não deve alcançar jamais os indicadores localizados no fundo das esculturas e deve permanecer uniforme em toda a superfície. "O vestígio de desgaste de 1.6 milímetros indica a altura de borracha mínima legal".

Perigo de desgaste dos pneus:

O desgaste dos pneus ocasiona a perda de aderência. Quanto mais desgastados estejam os seus pneus (ranhuras cada vez menos profundas), mais longas serão as distâncias de travagem, especialmente em estrada molhada, e maior o risco de aquaplaning.

Igualar o desgaste dos pneus:

A posição das rodas (geometria, paralelismo) e o seu estilo ao conduzir podem provocar um desgaste desigual em cada pneu. Para uniformizar o desgaste dos seus pneus, é recomendável inverter as rodas traseiras cada aproximadamente 5.000 a 10.000 kms. Por último, o Código da Circulação estipula que não possa haver uma diferença de profundidade das ranhuras principais superior a 5 mm entre dois pneus montados sobre um mesmo eixo.

Pesquisar
Pneus automóvel