Queira aguardar...
Queira aguardar...

Porquê equipar-se de pneus de Inverno?

A partir do momento em que o termómetro exibe uma temperatura inferior a 7°C, os desempenhos de um pneu diminuem. O objectivos dos pneus de Inverno reside em oferecer ao seu veículo capacidades de aderência ideais em tempo frio.

1. Porquê equipar o meu veículo de pneus de Inverno?

Recomenda-se a montagem dos pneus de Inverno a partir do mês de Novembro e até ao mês de Março inclusive. Esta recomendação torna-se ainda mais válida para os automobilistas que se desloquem para zonas geográficas onde as condições climáticas invernais são rigorosas. É importante possuir uns pneus de Inverno sempre em bom estado, dados que uns pneus de Inverno desgastados não serão de todo eficazes num pavimento com neve ou gelo. A PNEUS-ONLINE aconselha-o a montar 4 pneus de Inverno (também denominados pneus de neve) a fim de conservar uma boa aderência no Inverno, e recomenda que mude os pneus de Inverno a partir de 3,5 mm de profundidade de escultura.

1. Aderência à estrada

A partir do momento em que o termómetro exibe uma temperatura inferior a 7°C, a borracha deixa de ter as mesmas propriedades e as reacções do pneu e do veículo ficarão afectadas.

2. Travagem e motricidade

Graças às suas diversas lâminas características, a aderência do pneu é optimizada e a distância de travagem a temperatura muito baixa fica reduzida.
O pneu de Inverno oferece uma melhor tracção em neve e placas de gelo, mesmo em veículos mais pesados (4x4, utilitários, ...).

3. Segurança

Apesar de todas as inovações tecnológicas de assistência à travagem, ao controlo de trajectória ou ao sistema anti-patinagem do veículo (ABS, EPS, ASR,?), a sua utilizada só poderá ser optimizada em condições invernais se o veículo estiver equipado de pneus de Inverno; com pneus de Verão e de todas as estações, os desempenhos destes sistemas são claramente menos bons. Sejam quais forem as condições climáticas (neve, gelo, chuva, ...), os pneus de Inverno permitem-lhe andar em segurança.

2. Como é um pneu de Inverno?

  1. O pneu de Inverno distingue-se de um pneu de Verão pela densidade da sua goma. Inversamente ao pneu de Verão, a goma de um pneu de Inverno não endurece, oferecendo assim ao veículo uma melhor aderência à estrada a temperaturas muito baixas.
  2. Graças ao número mais elevado de lamelas, a tracção de um pneu de Inverno será igualmente melhor do que a de um pneu de Verão em caso de conduçâo em estrada com gelo, neve ou húmida.
  3. Para além do número mais elevado de lamelas, o pneu de neve está igualmente dotado de ranhuras mais profundas e mais largas na banda de rolamento, o que permite a evacuação instantânea da lama e da neve.

3. Quando se torna necessária a utilização das correntes?

O objectivo das correntes reside em penetrar a camada de neve em profundidade e impedir que esta se amasse no pneu, o que consequentemente deixaria de poder movimentar o veículo.
O facto de equipar um veículo com pneus de Inverno pode evitar, em 99% dos casos, ter de montar correntes.
Estas são autorizadas apenas em estradas com neve, seja qual for a época, e nos ramais de estradas munidos do sinal de "equipamentos especiais obrigatórios".

b26

NOTA:

O fabrico das correntes de neve foi submetido a novas normas a partir de 31 de Março de 1986. No entanto, a utilização de dispositivos adquiridos antes desta data é autorizado.
A sua utilização não está regulamentada. Em contrapartida, nos ramais equipados do sinal "equipamentos especiais obrigatórios"onde a menção «pneus de neve admitidos» não estiver indicada, o condutor deverá utilizar as correntes.

Atenção!

É primordial:

  • Nunca andar a mais de 25 km/h com pneus munidos de correntes.
  • Retirar as correntes na ausência de neve na via, o que poderia danificar tanto a roda (pneu, jante) quanto o próprio veículo (órgãos de passagem de roda, carroçaria, ...).

Existe uma alternativa à corrente metálica clássica: a corrente têxtil, idealmente aconselhada para as passagens de roda estreita.

Pesquisar
Pneus automóvel